PONTES, FERROVIAS, PORTOS E RODOVIAS

Home > Mercados > Pontes, Ferrovias, Portos E Rodovias

A PRINCIPAL CAUSA DE FALHAS EM INFRAESTRUTURA DE AÇO

Até os anos 80, as tintas utilizadas na maioria das infraestruturas de aço continham chumbo vermelho e, em algumas ocasiões, amianto. A inspeção e manutenção periódica destas infraestruturas públicas é uma empreitada dispendiosa devido às questões ambientais e de saúde e segurança dos trabalhadores que estão associadas.

INTENSIVOS EM MÃO-DE-OBRA E PERIGOSO

A manutenção da Infraestrutura Pública do Aço consiste na remoção de ferrugem/pintura e no revestimento repetido. Um método eficaz e eficiente de remoção de tinta em grande escala é a jateamento com granalha, e aqui está o problema crítico. O jateamento com granalha é extremamente trabalhoso e perigoso e é a operação mais cara necessária durante a manutenção de pontes de aço. Os trabalhadores não apenas passam longos períodos de tempo manipulando forças de 100 N ou mais, mas também tomam precauções para evitar a exposição à poeira que contém produtos químicos perigosos.

CONTROLE DE POEIRA ACIONADO POR BATERIA

Além disso, os métodos de jateamento de granalha também criam problemas ambientais. Por exemplo, o jateamento transforma o revestimento tóxico em um pó fino, transportado pelo ar, que os trabalhadores podem inalar e que polui o ambiente ao redor. Com toda a extensão da toxicidade e dos danos à saúde em longo prazo causados pelo chumbo/amianto, ou revestimento contendo cromato 6, as operações de manutenção pública devem ser completamente fechadas, a fim de evitar a contaminação do ambiente e evitar riscos potenciais para a saúde do público em geral. Assim, a escolha das soluções MontiPower®, incluindo o controle de poeira acionado por bateria, ajudará com um impacto significativo na saúde, segurança e economia.

Images_5628x2734px